Jogos para TDAH – O benefício do uso jogos como intervenção para crianças com TDAH

Você já pensou no em jogos para TDAH como tratamento do transtorno? Estudo mostra que alguns subgrupos de TDAH em crianças podem se beneficar com um novo modelo de intervenções através de jogos

O TDAH é um transtorno recorrente que atinge 5% das crianças no mundo todo (por volta de uma a cada vinte crianças tem TDAH!) e se manifesta de diversas formas. Conhecemos a mais tradicional: a criança agitada na sala de aula que têm dificuldade de realizar as tarefas, mas também existem outras manifestações do transtorno, como dificuldades de planejamento, organização, e sem contar o peso da interação com outros trantornos (chamado de comorbidades). Estudos já mostraram que essa variabilidade em padrões sintomas estão relacionados à qualidade da resposta frente à diferentes estratégias de tratamentos – uma estratégia pode funcionar para alguns, mas não para outros, e assim vai. Aliás, um grande estudo chamado de Multimodal Treatment of Attention Deficit Hyperactivity Disorder study (MTA) já identificou alguns potencias mediadores de tratamento.
Nos últimos anos, vêm sendo estudada uma nova modalidade de intervenção chamada Serious Games Interventions (pode ser traduzido para algo como Intervenções por Jogos Sérios). Serious Games são jogos desenvolvidos com uma finalidade específica, não se limitando somente para promover entreternimento ao usuário. Um estudo foi realizado por pesquisadores do Reino Unido e Holanda para determinar quais subgrupos de crianças com TDAH podem se beneficiar com tal intervenção.
O estudo, que foi realizado na Bélgica e Holanda, examina 10 características pré-intervenção (como gênero, idade, uso de medicação, gravidade dos sintomas, entre outros) para examinar o impacto de Serious Games em habilidades de gerenciamento de tempo, planejamento/organização e cooperação. Ao todo, 143 crianças com TDAH e com média de idade de 9.9 anos participaram do estudo.
O game escolhido foi um jogo online chamado “Plan-it Commander”, desenvolvido por um equipe multiprofissional, desde pesquisadores até pais de crianças com TDAH. Este game visa melhorar habilidades como gerenciamente de tempo, organização/planejamento e cooperação.
5 Figure2 1 768x578 - Jogos para TDAH - O benefício do uso de jogos como intervenção em crianças com TDAH
Screenshot do jogo "Plan-it Commander"
Os participantes foram instruídos a jogar este jogo por uma hora, três vezes por semana, durante 10 semanas como adição aos cuidados usuais (medicamento e/ou psicoterapia).
Os resultados mostraram que meninas se beneficiaram mais com a intervenção, seguido por meninos com menores níveis de sintomas de hiperatividade e maiores níveis de Trantorno de Oposicão Desafiante (TOD)
Estes dados são muito importantes pois mostram que características como gênero, nível de hiperatividade e comorbidade com Transtorno de Conduta (TC) são fatores importantes a serem considerados para a escolha de estratégias de tratamento para jovens com TDAH.
Estudos como este desempenham um papel fundamental para embasar decisões médicas, como a melhor estratégia para cada caso individual. O Estudo MAPPA é um estudo que avalia duas estratégias de intervenção eficazes para crianças escolares em uma população de crianças pré-escolares. Para saber mais sobre nosso trabalho, clique aqui e confira como participar e seus benefícios.

Fontes:

Medical News Bulletin. “ADHD: Which children will benefit most from serious games?” Sonia Leslie Fernandez, Medical News Writer. 14 May 2018. <https://www.medicalnewsbulletin.com/adhd-children-will-benefit-most-serious-games/>.
T Bul, K. C., Doove, L. L., Franken, I. H., Van der Oord, S., Kato, P. M., & Maras, A. A serious game for children with Attention Deficit Hyperactivity Disorder: Who benefits the most?  PloS one , 2018; (0) DOI: . https://doi.org/10.1371/journal.pone.0193681
Escrito, traduzido e adaptado por Leonardo Seda
Categorias: Artigo

Leonardo Seda

Estudante do 9º semestre de Psicologia no Centro Universitário São Camilo. Coordenador da equipe de graduandos no Estudo MAPPA. Aluno de iniciação científica do Prof. Dr. Guilherme Vanoni Polanczyk. Músico e piloto amador de kart nas horas vagas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *