O último dia da 5º edição do evento contou com temas como genética e endofenótipos de TDAH; existe um lado positivo no TDAH?; intervenções precoces e prevenção; qualidade de vida e prejuízos funcionais; TDAH e a sobreposição com transtornos do neurodesenvolvimento; e o futuro do TDAH


A EUNETHYDIS – Conferência Internacional de TDAH – é um evento que promove a troca de idéias e dados entre cientistas e clínicos através de um programa científico que conta com especialistas líderes em TDAH e condições associadas.

O evento foca em TDAH e condições associadas ao longo da vida

No último dia de sua 5ª edição, o professor Guilherme Polanczyk (clique aqui para saber mais) apresentou dados preliminares do Estudo MAPPA e também dados de um estudo que investiga correlações entre irritabilidade e sintomas de TDAH e entre dificuldades sociais e sintomas de TDAH, atualmente sendo preparado para publicação.
GVP ressaltou que poderíamos focar nessas intervenções precoces para garantir uma forte base para o desenvolvimento da criança. Ele também explicou que, em sua opinião, é nesse estágio inicial que as interações dentro da família estão sendo estabelecidas e, portanto, podem ser mais passíveis de mudança, e que, idealmente, as crianças desta idade serão menos severamente prejudicadas em comparação com crianças mais velhas.

Guilherme Polanczyk. Foto retirada de adhd-institute.com

“Precisamos nos certificar que qualquer novo tratamento ou intervenção seja inteiramente incorporado por serviços de saúde.”
Guilherme Polanczyk
Professor Luis Augusto Rohde, presidente da World Federation of ADHD, disse que sente que a heterogeneidade da doença deve ser reduzida e que há uma necessidade de caracterizar melhor o fenótipo do TDAH. Disse também quem  ainda mais deve ser aprendido e ressaltou que pensa que no futuro, mais estudos irão integrar novas tecnologias e mídias sociais para compreender melhor o TDAH.
“Precisamos caracterizar melhor o fenótipo do TDAH.”
Luis Augusto Rohde

Editado e adaptado por Leonardo Seda. Texto original em https://adhd-institute.com/meetings-events/congress-reports/day-4-5th-eunethydis-international-conference-on-adhd/
Fontes: 
http://larohde.com.br/
http://www.eunethydisconference.com/
http://www.eunethydisconference.com/wp-content/uploads/2018/09/EIC-Edinburgh-2018-Conference-Book.pdf
https://adhd-institute.com/meetings-events/congress-reports/day-4-5th-eunethydis-international-conference-on-adhd/
Categorias: Notícia

Leonardo Seda

Estudante do 9º semestre de Psicologia no Centro Universitário São Camilo. Coordenador da equipe de graduandos no Estudo MAPPA. Aluno de iniciação científica do Prof. Dr. Guilherme Vanoni Polanczyk. Músico e piloto amador de kart nas horas vagas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *